domingo, março 21, 2010

A vida do Ricardo

Poxoréu, MT, 21 de março de 2010.

Queridos irmãos e amigos.



O viver é algo maravilhoso, do qual somente podemos prescindir se isso for da vontade de Deus. Ele é o Senhor da vida e só Ele que no-la tem dado, tem igualmente o direito de pedi-la de volta. De nossa parte, devemos zelar e cuidar dela da melhor forma possível, como o bem mais valioso de todos os que existem no mundo.


Se nossa vida fosse um grande diamante, ela estaria guardada sob uma cúpula de vidro a prova de balas e de qualquer contaminação, com temperatura adequada e um sistema de vigilância intransponível. Pois nossa vida é um tesouro mais valioso do que o mais valioso diamante.

Mesmo assim, temos sido displicentes com ela. Não nos alimentamos como convém. Comemos e bebemos qualquer coisa. Entupimos-nos de gordura, de hormônios, de açúcar, e de tantas outras coisas que, em excesso, nos faz muito mal. Usamos drogas e tantas outras substâncias que destroem a nossa vida. A todo instante estamos pecando de morte contra a vida que Deus nos deu.

Apesar disso, o Criador nunca deixou de amar a criatura. Em que pese termos assumido a opção da morte, correndo atrás do conhecimento do bem e do mal, o que desencadeou todo um processo de destruição da vida, Deus nunca nos abandonou e nem deixou de nos amar. Pelo contrário, armou e executou um plano para a salvação de nossas vidas dos domínios da morte. Seu plano consistia em trocar um bem de muito maior valor por aquelas vidas de pessoas condenadas.

Então procurou esse bem em todo o universo, mas nada encontrou que equiparasse ao valor que Ele atribuía à vida humana. Nem todo o universo tinha para Ele um valor correspondente. Então concluiu que somente uma vida ainda mais preciosa do que todas as demais poderia ser considerada como suficiente para quitar esse grande resgate. E, infelizmente, essa vida somente poderia ser a de seu único e amado filho Jesus.

Mas era a vida de Seu Filho querido! Como envolvê-lo nessa missão? Para nós, certamente isso seria impossível de acontecer. Mas o amor de Deus pelo homem sempre foi maior do que Ele próprio. E isso fez com que Ele não apenas permitisse, mas também que Ele próprio enviasse o Seu Amado Filho para cumprir essa missão e assim resgatar a vida humana, trocando a Sua Vida pela vida daqueles a quem Ele muito amava.

Foi essa a forma como Deus nos ensinou a dar valor às nossas vidas. E da mesma forma como Ele provou que nos amava sobremaneira, de forma incomparável, Ele não espera menos amor de nós por nós mesmos. São palavras de Jesus: “Assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros” (Jo 13:34) e “amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Mc 12:31). O amor que devemos ter por nós e pelo nosso próximo deve ter a mesma medida do amor que Cristo teve por nós.

Assim nos perguntamos: Que valor nós damos a vida que recebemos de Deus? Quanto vale a nossa vida para nós? Certo homem tinha muitas riquezas e não conseguiu abrir mão delas por amor de sua vida. Isso está na Bíblia em Lc 18:23. E na vida real onde nós vivemos? Qual a relação que existe entre a nossa vida e o que temos feito para cuidarmos dela? Seríamos capazes de trocar tudo para conservá-la? Essa é uma questão muito séria.

Quero confessar que fiquei com muito medo de perder a vida de meu filho Ricardo Resplandes. Quando o primeiro neurocirurgião, em Cuiabá, diagnosticou que ele estava com um angioma cavernoso no centro do cérebro, sob o tronco encefálico e me disse que a cirurgia para eliminá-lo era gravíssima e de alto risco; e que sua realização deveria ser avaliada, fiquei convencido de que seria melhor esperar um pouco e ver como a doença se comportaria, como ele sugeriu. E assim viemos para nossa casa em Poxoréu, MT. E nos dias seguintes, nos enchemos de informação e de sugestões de todo tipo, que nos foram proporcionadas por pessoas generosas de muitos lugares. E passamos uma semana procurando educar o nosso filho para encarar uma vida cheia de privações, a qual seria muito sofrida e com pouco sentido. Ele não poderia fazer qualquer coisa que pudesse causar aumentos da pressão arterial, porque esse aumento poderia levar a um novo sangramento do angioma e a consequências mais traumáticas. Foi uma semana terrível, estressante, que certamente prejudicou a qualidade do trabalho prestado por toda a família. Ricardo sofria e nós também junto com ele.

Então eu senti que Deus falou conosco quando minha esposa, num átimo de coragem, me disse que o Ricardo gostaria de passar por outra avaliação neurológica. Então eu lhe perguntei bravo: Você quer a cirurgia? Ele quer a cirurgia? E ela insistiu em dizer-me como resposta que ele gostaria de ter uma nova avaliação. Eu não resisti mais e fomos para Goiânia, onde ele foi reavaliado.

O neurocirurgião goiano, na verdade um mineiro que há mais de quarenta anos realiza neurocirurgias em Goiás, analisando a Ressonância Magnética feita em Cuiabá, observou que toda cirurgia tem riscos, mas que a doença do Ricardo na verdade já facilitou em parte o seu tratamento. A lesão existente já é bem grande e seu crescimento está ocorrendo de dentro para fora, o que vai permitir que ela seja alcançada de frente, sem a necessidade de perfuração no tronco encefálico ou em qualquer órgão de vital importância. É difícil descrever o processo em linguagem simples. Mas o que se destaca é a viabilidade da cirurgia. Ficamos convencidos de que ela poderá ser feita com um grau de risco aceitável. O neurocirurgião responsável nos disse que, inclusive, teria feito uma intervenção semelhante em tempo bem recente.

Assim, marcamos a cirurgia. Ricardo será operado no dia 30 de março de 2010, no Instituto de Neurologia de Goiânia, por uma equipe comandada pelo Dr. Walter da Costa. Entendemos que esse médico será o instrumento usado por Deus para fazer essa operação. Que suas mãos sejam guiadas pelo anjo do Senhor para que a vida de Ricardo venha ser preservada e Deus, mais uma vez, venha ser glorificado.

Destacamos que o tratamento será bastante oneroso, estando acima de nossas posses disponíveis. Todavia, antes que saíssemos liquidando o nosso patrimônio de forma insensata, Deus nos tem dado sabedoria e temos recebido apoio de vários irmãos, os quais têm prometido nos emprestar os recursos necessários para cobrir o tratamento. O próprio hospital concedeu um bom abatimento no valor inicial de R$ 50 mil e vai nos fazer o pacote por 40 mil reais.

É com este ânimo que estamos de volta a Poxoréu. Nesta semana vamos tentar consolidar o recurso e voltaremos no domingo para Goiânia. Ricardo deverá ser internado na segunda-feira, dia 29 de março e operado na terça-feira, dia 30.

Segundo o médico os efeitos já ocasionados pela lesão poderão ser minorados e até desaparecer com o tempo. E, dentro de pouco tempo ele poderá voltar ao exercício normal de suas atividades. Amanhã o Ricardo trancará a faculdade, por orientação do médico, para que ele fique tranqüilo e possa se recuperar sem qualquer preocupação. Em agosto, se tudo der certo, ele volta a estudar.

Essa é a situação atual. Quero agradecer a todos os que têm orado por nós e, principalmente por ele. É maravilhoso ver a tranqüilidade com que o nosso filho está enfrentando esse problema. Creio que o Espírito Santo está conduzindo esse caso. Insisto no pedido de orações. Não somente para a melhora, mas também para a viabilização dos recursos necessários. Que Deus esteja com cada um e que cada irmão possa valorizar com peso de diamante a vida que tem recebido do Criador. Ela é o bem mais precioso que nós temos recebido de Deus e temos que cuidar bem dela.

É o que temos aprendido até agora. Abraços a todos e obrigado pelas orações.

Izaias Resplandes de Sousa, pai do Ricardo.

8 comentários:

zigomar disse...

Como diz o grande servo do Senhor, Jó: "Com Deus está a sabedoria e a força, Ele tem entendimento e conselho". Jo. 12:13.
Que bom que Deus lhe tem dado a sabedoria para ouvir conselhos e a força que você precisa para superar pressão como essa!
Que bom que Deus tem dado sabedoria a pessoas como o Dr. Walter para realizar cirurgias tão complexas como essa e conselhos tão animadores como os que lhos deram!
E que bom que podemos contar sempre com a sabedoria,a força e os conselhos do Senhor!
Deus os abençôe para que em breve todos possamos glorificar a Deus pelos seus feitos mais uma vez em mais uma vida! Abraço.

Zigomar.

Prof. Izaias Resplandes disse...

Que bom, irmão, ter pessoas como você em nossa vida! Suas palavras são gostosas de ouvir; penetram até a alma. Animam! Contagiam! Nós iremos juntos glorificar a Deus. Com certeza! Por todas as coisas, mas, principalmente, que seja pela vida. Abraços.

Anny Ellem disse...

Professor nao sao muitas palavras mais quero dizer para o senhor q estamos com vcs, Orando e intercedendo por todos da sua familia.
Pode ter a certeza que Deus estara com seu filho e com todos vcs naquela sala e que nao sera a mao do o Dr.Walter mais sim a do todo poderoso operando seu filho.
Fique com Deus e continua forte e Deus acrescentara mais força ainda para que vcs posam superar.Que Deus abençoe todos vcs .

Prof. Izaias Resplandes disse...

Olá, Anny... Como é bom ver mãos estendidas para ajudar, para apoiar, para orar... Como é bom ver você dizendo palavras tão profundas, carinhosas e amáveis. Obrigado pelo seu carinho para conosco. Deus ouvirá e nos dará muita alegria nessa operação. Haveremos de voltar para casa alegres, animados e agradecidos a Deus pelo que Ele fez por nós, porque como diz o salmista, "a sua misericórdia dura para sempre". Abraços.

Gláucia Torrezan disse...

Eu os amo e estou com vocês: em pensamento, em oração, em súplica, em amor (que vem de Cristo), e agradeço por Deus nos ter unido nesta Família Maravilhosa!
Até mesmo agora, Izaías, você me presenteia com ensinamentos nobres e gentis, com palavras doces e tão autênticas! Você e sua família, tem sido usados como instrumento de Deus em muitas vidas, principalmente na minha.
Mais amor, em Cristo

Anônimo disse...

Como a Fênix ressurge das cinzas, Deus - acima de Tudo e de Todos - tem dado essa força a você e que repassa a todos de sua família, inclusive para muitos que se aproximam de você (assim como acontece comigo!). Sereno, porém resoluto, não há percalços que não tenha vencido. Com certeza, você é um ungido do Senhor e n'Ele tudo poderá fazer como grande vencedor.

Prof. Izaias Resplandes disse...

Meus amigos... Meus irmãos. Vocês renovam e aumentam as nossas forças. Isso nós faz mais confiantes de que Deus está no comando e unidos nós venceremos.
Obrigado pela presença e participação em nossas vidas, nesses momentos delicados e sensíveis que estamos passando. É muito bom saber que não estamos sozinhos. Deus abençoe a todos.

Ademar missionario disse...

queridos irmaos medite o salmo 46 gracas a Deus que temos esse privelegio de pedir ao nosso pai e cremos que ele nos ouve a sua palavra diz se crer veras agroria de DEUS JUNTOS ESTAMOS ORANDO E JUNTO VAMOS GLORIFICAR A DEUS PARA O SENHOR NAO A NADA NADA IMPOSIVEL QDO AS MULHERES FORAM AO SEPULCLO ELAS DISIA UMA AS OUTRAS QUEM NOS REVOLVERA A PEDRA POS ERA MUITO GRANDE O Q ACONTECEU ELAS FORAM E A PEDRA JA TINHA SIDO REVOLVIDA ASIM E ESSA EMFERMIDADE E COMO UMA PEDRA GRANDE MAS O SENHOR VAI TIRAR CHEGANDO LA JA ESTARA REVOLVIDA ABRACOS ATE A VITORIA COM CARINHO IRMA BETE