segunda-feira, dezembro 24, 2012

Os Inocentes


Há 28 anos atrás, na cidade de Poxoréo, MT, que ainda se escrevia com "o", havia uma turma de amigos que sempre se encontrava depois do expediente para tomar alguma coisa na Universidade Bekão (Bar Bekão, do Aldo Ramos de Oliveira e que tinha os baristas "Bigu" e "Bilu"), atual Lotérica Zebrinha, em frente ao Banco do Brasil.  Eram "Os Inocentes", "A Turma do Mé" e outros apelidos.A maioria era funcionário público. Batistão, Batistinha e Missião trabalhavam no Banco do Brasil; Esmael trabalhava nos Correios, Eliel, Izaias e Marco Aurélio trabalhavam na Prefeitura de Poxoréo.
No mês de julho de 1984, Izaias inscreveu "Os Inocentes" para participar de um torneio de futebol de salão, organizado pelo Centro Juvenil. Da "Turma" poucos sabiam que a bola era redonda. A maioria tinha dúvidas, principalmente por causa da inocência que o "álcool" provocava nas pessoas. O "álcool" tinha um poder terrível. Fazia com que as pessoas mais "inocentes" acreditassem que poderiam ser ou fazer tudo o que imaginassem. 
E foi assim que nossa turma virou "time de futebol de salão". Podemos até não ter feito nenhum gol, mas também não me lembro de termos levado algum. O importante é que entramos para a galeria...
     

sábado, dezembro 01, 2012

A solução para todos os males


 A perfeição é a solução para todos os problemas da humanidade. Se fôssemos perfeitos, o mal não teria domínio sobre nós. Por essa razão, alcançá-la é o grande objetivo da humanidade. Só ela poderá nos livrar da instabilidade, da insegurança, da incerteza, do engano e da astúcia de uns e outros. Diz a Bíblia em Ef. 4:11-14 que o próprio Senhor Jesus distribuiu as funções na Igreja, dando “uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente”.
Nós temos mandamento divino para lutar por ela. Em Mt 5:48, Jesus diz: “Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus”. E em 2 Co 13:11, o apóstolo Paulo complementa a instrução dizendo: “ Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco”.
Por outro lado, a luta pela perfeição é uma guerra sem fim. Nunca seremos perfeitos nesse mundo. Mas nem por isso devemos abandonar esse propósito. Esmorecer, jamais! Escrevendo aos filipenses sobre a perfeição (Fp 3:13-14), Paulo disse: “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”. Isso é o que todos nós devemos fazer, empenhando toda a nossa dedicação, a nossa persistência e toda a nossa autodisciplina.

Então! Nosso objetivo de vida é lutar pela perfeição. Para fazer isso devemos estabelecer metas para cada dia, semana, mês e cada ano de nossa vida e buscar alcançar essas metas.
É de vitória em vitória, que seremos muito mais do que vencedores. Cf. Rm 8:27.