terça-feira, dezembro 16, 2008

Homenagem aos Professores da Escola “Pe. César Albisetti”


Alunos do 3° ano abraçam o prof. Antenor durante a homenagem.

E então a Escola Pe. César completa trinta anos de serviços educacionais. A maioria dos poxorenses que concluíram o ensino médio passaram por aqui. Adquiriram o conhecimento básico em nossas salas de aulas e com os nossos professores, muitos dos quais ou já deixaram esta vida ou já estão aposentados. É certo que todos eles foram de certa forma, emblemáticos para todos nós. Deixaram-nos um legado de experiências e de conhecimentos que haverá de nos auxiliar a vencer as dificuldades que viermos a enfrentar na jornada da vida. Todos são merecedores de nossa gratidão e de nosso apreço.

Profª. Ana Paula, Prof. Maurício, Profª. Adjair e Prof. Geniel

Nesta data tão querida, gostaríamos de homenagear a todos. Todavia, ante a impossibilidade de reuni-los, elegemos um para receber a nossa manifestação de gratidão em nome de todos os docentes que atuaram e atuam nesta Casa de Educação.
O companheiro escolhido é um veterano de muitas batalhas. É um palmeirense convicto e que tem muito a ver com o seu clube de futebol. Nosso professor é o próprio “alviverde” nos gramados da educação. E o hino do Palmeiras, com certeza poderia ser cantado ou declamado em sua homenagem. Assim diz a letra:

Quando surge o alviverde imponente
No gramado em que a luta o aguarda
Sabe bem o que vem pela frente
Que a dureza do prélio não tarda
E o Palmeiras no ardor da partida
Transformando a lealdade em padrão
Sabe sempre levar de vencido
E mostrar que de fato é campeão
Defesa que ninguém passa
Linha atacante de raça
Torcida que canta e vibra
Defesa que ninguém passa
Linha atacante de raça
Torcida que canta e vibra
Por nosso alviverde inteiro
Que sabe ser brasileiro
Ostentando a sua fibra

Inegavelmente, nosso colega tem vestido a camisa desta escola durante todo o seu labor profissional. Pode-se dizer que ele tem sido um professor exclusivo da Escola Pe. César. Mais ainda, depois que ele fez seu segundo concurso e tornou-se professor de sessenta horas semanais. Haja hora e haja aulas. De manhã, à tarde e à noite. Ele sempre está por aqui e às ordens.
Ele entrou nessa comunidade no ano de 1982. Como seu Palmeiras “é um atacante de raça”. Hoje, parcialmente careca, pode-se dizer que ele perdeu os cabelos lutando pela realização de um ensino de qualidade na Escola Pe. César. Ainda não fez o seu Master Science, mas não há dúvida de que é um Mestre Honoris Causa nesta escola. Quase todos os atuais professores do “Pe. César” podem dizer com orgulho que foram seus alunos. Isso significa ter sido formado por um profissional competente e compromissado com a educação. Alguém que de fato está ligado com o que de mais moderno e atualizado existe em termos de conhecimento. Alguém que sempre procurou inovar, usando a técnica e a tecnologia mais sofisticada ao seu alcance. Começou com o Retroprojetor de Slides, chegou ao vídeo e ao computador. Atualmente, já se ouve ele falando em notebook e data show. Isso, sim é estar “antenado”.
Diante disso, nada mais justo que a homenagem, abraço e o carinho sejam dados ao Presidente do Conselho Deliberativo, Nutricionista e Prof. de Biologia da Escola Pe. César ANTENOR ALVES FERREIRA.
A profª Maura Silva, entregando uma lembrança ao prof. Antenor, ambos cercados pelos alunos da escola, também demonstrando o seu carinho ao homenageado.

Prof. Luís Sérgio e Prof. Giampiero, participando da festa.

Um comentário:

Ethienne disse...

São professores que eu nunca irei esquecer, e que merecem ter varias homenagens ainda por suas vidas!
Eterna saudade!